||»HOME ..| »MINISTÉRIO..| »PASTOR |.. »CONTATOS ..|»ORAÇÃO |.. »TV PALAVRAS DA VIDA
João 14:6 | Jesus disse: "Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida." Envie um e-mail para o Pastor Sérgio Adicione esta página no seu Favoritos

Menu

Clique e leia mais de 200 estudos bíblicos








ATOS DOS APÓSTOLOS / CAP. 27

ATOS 27: 1 – Paulo estava afinal a caminho de Roma Atos 23: 11 Paulo continuava preso, mas agora de uma forma diferente, pois antes Paulo passou mais de dois anos trancado em uma cela Atos 24: 25 – 27. O que podemos entender que a diferentes formas de prisão, podemos estar presos impossibilitado de fazer qualquer coisa, na total dependência de Deus João 15: 1 – 5, mas também podemos estar presos com possibilidade de agir onde podemos ter controle das nossas ações Fp. 4: 10 – 13; IICo. 12: 7 – 10. Paulo antes estava preso impedido de agir, agora não; Paulo continuava preso, mas com a possibilidade de agir (pregar, curar, evangelizar e fazer sinais e prodígios em nome do Senhor Jesus Rm. 15: 14 – 22.

No primeiro século da era cristã as viagens por mar eram feitas com peculiares dificuldades e perigos. Os marinheiros faziam sua rota em grande parte orientando – se pela posição do sol e das estrelas e quando estes corpos celestes não apareciam e havia indicio de tempestades os proprietários dos navios temiam aventurar-se em pleno mar. Durante parte do ano era quase impossível a navegação sem risco. Isto deixa para nós um ensino: a nossa casa a nossa família é um barco que navega no oceano deste mundo, assim como os homens do passado precisavam do sol e das estrelas para viajar com segurança, nós precisamos ser guiados pelo Sol que é o Senhor Jesus Cristo para viajarmos com segurança. Sl. 84: 11; Ml. 4: 2.

As estrelas junto com a lua também serve para iluminar os nossos caminhos e nos guiar em segurança, assim como no passado as estrelas e a lua serviam para iluminar as noites dos navegadores, a lua aqui representa as igrejas e as estrelas representa os pastores, os lideres os homens de Deus que servem com certeza para nos ensinar a navegar com segurança neste oceano que é o mundo Ap. 1: 12 – 20; Ap. 12: 1.
O Sol, Jesus, a Lua a Igreja as estrelas os pastores, a mulher o Reino de Deus na Terra.

Quando Jesus não está na nossa vida, quando não estamos em igrejas, quando não estamos sendo orientados por homens ungidos e capacitados por Deus há indicio de tempestade.

ATOS 27: 1 e 2 – Centurião era um líder que comandava cem soldados, o que podemos entender que Paulo e seus companheiros estavam sendo escoltado por cem soldados, portanto acreditamos que esta viagem não era uma simples viagem e não era feita em apenas um barco, mas havia vários barco e muitas pessoas envolvida Atos 27: 37.

ATOS 27: 3 – Aqui na primeira parada já podemos ver  Paulo que mesmo preso usando os meios que lhe dava possibilidades de agir, o centurião que era um homem bom, indicado pelo próprio Senhor para conduzir Paulo permitiu que ele entrasse na cidade para não ver só os amigos, mas sim fortalecer alguns dos irmãos que ali se encontravam. Is. 35: 3; Jó 4:3, 4.

ATOS 27: 4 – Neste versículo aparece à primeira dificuldade da viagem, o vento ao contrário talvez você que é novo convertido esteja passando por muitas lutas, isto é o vento contrário na sua vida. O fato de você aceitar Jesus não diz que você não terá vento contrário no barco da sua vida. A vento a tempestade sempre faz parte do barco da vida do crente, mas Jesus também sempre estará no barco junto com você. Mt. 28: 20b; Mt. 8: 23 – 27; Mt. 14: 22 – 32.

ATOS 27: 5 e 6 – Aqui o centurião vendo que a vigem ia ser difícil resolveu mudar de um barco para um navio, o que podemos entender deste texto que muitas vezes estamos em uma igreja pequena que tem dificuldades para crescer tudo é luta tudo é muito difícil ai resolvemos mudar para uma igreja grande estruturada rica com muitos membros que cresce a cada dia mais. Rm 12:15,16.

ATOS 27: 7 – Neste texto vemos que eles navegavam devagar, é importante não ter pressa a obra de Deus deve andar na velocidade estabelecida por Deus e não pelo homem, é Deus quem determina a velocidade da obra  Ec 3:1.
Neste texto vemos que o vento impedia o navio de ir mais rápido, muitas vezes o ventos vem para nos dar um ritmo determinado por Deus, Joâo 3:8; principalmente para o novo convertido, pois o novo convertido não sabe distinguir a razão das emoções  ICo 2:15; e quer ganhar o mundo, pregar para todo mundo, tudo é maravilhoso, tudo é alegria cresce muito rápido e cai muito rápido, e o vento serve para dar um tempero, trazer conhecimento, experiência, confiança e fé. Rm. 12: 11 – 16.
Podemos ver que eles queriam continuar a viagem, mas o vento os impedia, e assim mesmo queremos continuar, seguir em frente, mas muitas vezes não conseguimos ai começamos a dizer que o diabo está nos impedindo. Mas não, na maioria das vezes não é o diabo, o vento vem de Deus Atos 16: 6 e 7, Deus é quem está no controle da natureza Is. 45: 2 – 12. Muitas vezes queremos continuar, seguir em frente, fazer custe o que custar, mas isto é o nosso ego, não é assim que funciona nas coisas de Deus. Joâo 13:7.

ATOS 27: 8 – Aqui vemos que eles passaram a costear e com  dificuldades, ou seja, eles saíram do mar aberto e passaram a navegar mais próximo da costa (praia), o que podemos entender é que quando o vento está ao contrário, e tão forte que nos obriga a caminhar mais devagar e até parar, devemos mudar de atitude, devemos sair do centro, devemos aparecer menos. ICo 2:2; Joâo 3:25-31; Só desta forma nós vamos atracar em bons portos, quando deixamos Deus dirigir, quando Deus é o centro com certeza a nossa vida espiritual, o nosso trabalho, a obra vai melhorar e muito. Juízes 6:11-14.

ATOS 27: 9 – A viagem já estava demorando e ficando perigosa, pois o jejum já havia acabado, ou seja, quando o crente está em grande campanha de jejum e oração ele vai receber muitas bênçãos e muitas promessas de Deus vai acontecer na sua vida, mais saiba a vigem vai continuar, vai ser longa e perigosa.
IITm 3:11,12.
ATOS 27: 10 – Cabe ao homem ter discernimento, ICo. 2: 15 saber quando está em perigo, quando as coisas não estão bem, pois se a obra não está indo bem, se a vida não está indo bem é porque a viagem está perigosa  é preciso parar  e dar ouvido ao Espirito Santo. Mt. 11: 15; Mt. 7: 24 – 27.

ATOS 27: 11 – Aqui vemos que o centurião acreditava mais no piloto do que em Paulo, porque o piloto era um técnico no assunto, era alguém que conhecia o barco a navegação, era alguém experiente naquele tipo de viagem. Não é assim na nossa vida não acreditamos mais  nas aparência, não acreditamos mais nas qualidades técnicas, não acreditamos mais nas experiências humanas. Quantas vezes deixamos de dar créditos a homens de Deus e homens cheios do Espirito Santo porque são pessoas de pouco estudos, pessoas simples Atos 4: 1 – 13. Pessoas sem qualidades técnicas e teológicas ISm. 16: 1 – 7; Is. 53: 1 – 3.

ATOS 27: 12 – Aqui eles viram pela aparência que aquele porto não era próprio para invernar. Quantos que estão no meio da tempestade vivendo época de inverno em suas vidas e mesmo assim preferem seguir viagem a parar e esperar o inverno passar, quantos preferem ficar andando de igreja e igreja procurando uma igreja que venha a agradar o seu ego Jr. 14: 10 sempre dizendo morro no meio desta tempestade, mas nesta igreja eu não congrego Oséias 9: 17.

ATOS 27: 13 – O vento tinha se acalmado, estava mais leve e eles acharam que tinham conseguido o que precisavam, isto é um perigo o fato do vento se acalmar não significa que está tudo bem, é necessário dar ouvido ao Espirito Santo consultar a Deus, ouvir a Deus. Atos 27: 9 – 11.

ATOS 27: 14 – Aqui está o resultado da desobediência, aqui está o resultado de quem não dá ouvido a voz do Espirito Santo de Deus Jr. 17: 5. EURO AQUILÃO – Vento leste, extremamente frio e violento.

ATOS 27: 15 – Aqui vemos que por não obedecer à voz de Deus, por não ouvir o profeta de Deus, por não ouvir o Espirito Santo de Deus eles perderam o controle da situação todos que deixam de ouvir a voz de Deus que vem através do Espirito Santo pela boca dos seus profetas perdem o controle da situação. IICr. 20: 14 – 20.

ATOS 26-7: 16 – Batel: termo náutico proveniente do Latim battelum, em sentido Lato significa barco. Depois de muito custo eles conseguiram segurar o barco, resultado da desobediência, custa caro, trás muita luta e sofrimento; somente com muita dificuldade voltaram a ter controle sobre o barco.

ATOS 27: 17 – Aqui vemos que eles usaram de todos os meios para se manter e ter o barco sob controle, quando o homem perde a direção de Deus deixa de ouvir o Espirito Santo seu barco fica a deriva, ai ele passa a usar todos os meios, passa a tentar de qualquer maneira resolver a sua situação, ai aparece como solução à idolatria , feitiçarias, drogas, falsas profecias, falsas doutrinas a porta fica aberta para Satanás entrar. IPd. 5: 8; Lc. 11: 21 – 26.

ATOS 27: 18 – Aqui eles começaram a esvaziar o barco, coisas que antes eram necessária agora não tinham mais valor, manter o barco sob controle era o mais importante, salvar a vida agora era o mais importante. Há momentos em nossas vidas que temos que lançar muitas coisas fora IICo 5:17; coisas que antes tinham muita importância agora não tem mais nenhuma importância. É a vida o mais importante A VIDA João 14: 6; Gl 2:20.

ATOS 27: 19 – No terceiro dia em meio à tempestade eles não tinham mais o que lançar fora, então eles começaram a lançar fora a própria armação do navio. O que entendemos: se já lançamos foras sobras, se já lançamos fora coisas que era importante e a tempestade não passa, porque não lançar fora a armação do velho homem, porque não morrer e nascer de novo. IICo. 5: 14 – 17; Rm. 6: 1 – 8.

ATOS 27: 20 – Aqui eles ficaram só o sol a lua e as estrelas não apareceram, só tempestade, só trevas. A momentos em nossas vidas que parece que Jesus, a igreja os irmãos, Deus e o Espirito Santo nos abandonaram, parece que a nossa vida é só trevas este momento da nossa vida é importante para o crescimento é nestes momentos que encontramos refugio na Palavra de Deus Sl. 119: 105; Is 49: 15 e 16.

ATOS 27: 21 – Vemos aqui que eles estavam há muito tempo sem comer, o texto não diz se eles estavam sem comer por estarem em jejum ou por não terem alimento. Mas uma coisa é certa o Poder de Deus estava em Paulo, e Paulo como profeta de Deus, como instrumento de Deus, no agir do Espirito Santo os repreende por antes não terem dado ouvido a voz do Espirito Santo, pois toda esta luta toda esta situação poderia ter sido evitada Mt 23:37, 38.

ATOS 27: 22 – Quando Deus está no controle ainda que o homem esteja em desobediência seguindo o seu próprio ego, fazendo o que vem na cabeça Deus fala, Deus da o sinal de alerta. Aqui no caso não se perdeu nenhum somente o barco, pois Deus queria mostrar a sua Glória. Deus tinha promessa e tinha o seu ungido no barco: Paulo, por isto o barco ia a pique, mas as vidas seriam poupadas.Atos 23: 11; Atos 18: 9 e 10; Lc. 10: 19 e 20; Atos 28: 1 – 10

ATOS 27: 23 – Paulo fala neste texto a respeito da presença de um anjo de Deus que lhe dava informação da parte de Deus, que somente o barco iria se perder, mas as vidas seriam poupadas. Paulo fala aqui de uma presença real de anjo, não fruto da imaginação de pessoas totalmente emotiva que anda vendo anjos em todos os lugares: Vejo anjo aqui, vejo anjo ali, vejo anjo trazendo cura, prosperidade, bandejas cheia de benção, isto não passa de obra de enganos de pessoas que tem a mente totalmente dominada pelos desejos da carne Cl. 2: 18.
Primeiro o anjo de Deus apareceu a Paulo porque Paulo era de Deus
Segundo Paulo era servo de Deus. Lc. 14: 15 -22; João 13: 16 e 17; João 15: 14 e 15.
Temos outros exemplos da presença real de anjos na vida dos apóstolos. Atos 5: 17 – 20; Atos 12: 6 – 11.

ATOS 27: 24 - Deus ama a todos, Deus queria salvar a todos, mas havia uma razão especial para Deus dar o livramento para todos aqueles que estavam naquele navio. Paulo precisava ser apresentado a Cesar para dar testemunho da ressurreição de Cristo. Atos 23: 11; Atos 1: 8; Mt. 10: 18.

ATOS 27: 25 – Quando o homem é um homem de Deus como Paulo, quando o homem é um servo de Deus como Paulo devemos crer na sua profecia, devemos crer em suas mensagens, devemos ter bom animo e confiar se alegrar e esperar Is. 53: 1; IICr. 20: 20.

ATOS 27: 26 – Aqui Paulo fala  da necessidade de dar em uma ilha, talvez você depois de tantas promessas profecias de bênçãos de prosperidades de ministérios de obras, você foi parar em uma ilha cercado de problemas, enfermidades desempregos, problemas financeiros, conjugais e familiares, se as promessas e profecias que você recebeu eram de homens de Deus, servos de Deus não temas Amós 3: 7; Js. 1: 7 – 9; Jr. 29: 11.
ATOS 27: 27 – No meio da madrugada na décima quarta noite de trevas e tempestades sendo jogados de um lado para outro, aparece à luz no fim do túnel, Deus disse que nenhuma vida ia se perder. Talvez naquele barco grande maioria fosse de incrédulos e não acreditava no que Paulo tinha falado, para eles ninguém iria escapar com vida. Mas Deus queria mostrar a sua glória, Deus iria naquela madrugada honrar o seu profeta. João 11:25,26 e 40.

ATOS 27: 28 – 30 – O medo de se chocar contra as pedras, o pavor dominava o piloto, e seus auxiliares lançaram a sonda e ainda era fundo, tentaram mais uma vez, mas mesmo assim o navio continuava a deriva. Lançaram as quatro ancoras e esperaram amanhecer.

O desespero era tão grande que marinheiros queriam abandonar o navio, eles já tinham lançado no mar os pequenos barcos salva vidas usando o pretexto de que iriam lançar ancora, não é assim em nosso meio, são só as coisas não irem bem em nossas igrejas, em nossas famílias ou em nosso casamento que logo queremos pular fora, na maioria das vezes não temos argumento algum motivo algum para pular fora, mas inventamos cada história absurda e depois quebramos a cara e nos arrependemos. E na maioria das vezes o arrependimento vem tarde demais e não temos tempo de concertar mais o erro Hb 12:14-17.

ATOS 27: 31 e 32 – Paulo fala aos centurião e aos soldados se estes não ficarem não poderei salvar a vida de vós. Como Paulo poderia salvar a todos, Paulo não era piloto, não era especialista em embarcação ele não era nenhum super homem, com certeza Paulo iria salvar a todos intercedendo e cobrando o cumprimento da Palavra do anjo. Atos 27: 22 -24. Aqueles que estivessem fora do navio com certeza iriam morrer Atos 27:22; por isso é um perigo pular fora do barco em meio a tempestade,e em meio a madrugada, em meio as trevas o lugar mais seguro ainda é o barco. Mt. 14: 22 - 27; Lc. 8: 22 – 25.

ATOS 27: 23 – Depois da madrugada vem o amanhecer Sl. 30: 5 junto com o amanhecer vem à luz Sl. 109: 105; Joâo 1:1-4 e junto com a luz vem o alimento Lc. 4: 4. Depois de muitos dias sem comer por causa da violência da tempestade Paulo exorta aquela grande quantidade de pessoas a se alimentarem, observamos que eles não estavam sem alimentar por falta de alimento, mas era costume daquele povo nos momentos difíceis fazer jejum, costume este que deve ser seguido pela igreja atual é dever de todos os crentes nos momentos de trevas tempestades escuras noites jejuarem até que os momentos difíceis da prova possa passar. Mt. 17: 14 – 21; Mt. 9: 14 – 17; IICo. 11: 16 – 27.

ATOS 27: 34 – Paulo não mandou que eles se alimentassem com simples palavra, Paulo mostrou a eles a necessidade de se alimentarem. O extremismo é prejudicial em qualquer situação, existe muitos crentes que quando começa a jejuar não quer parar mais, por qualquer motivo, por mais simples que seja começa a jejuar ficando com isso com o seu organismo e membros debilitados e como conseqüência doentes trazendo para si e para a igreja e para as doutrinas evangélicas escândalos. Mt. 18: 7; IICo. 11: 29.

Outros não querem saber de jejum, só pensam em comer Is. 56: 11 – 12. E outros fazem jejum da Palavra de Deus, não querem comer a Palavra de maneira nenhum, vão a igreja por motivos que não espiritual Rm 8:1-5. Campanhas de benção financeira, show de musicas gospel, paquerar e outros motivos, tudo menos a Palavra Is. 5: 20; João 6: 1 – 68.

ATOS 27: 35 e 36 – Paulo espera amanhecer, clarear o dia, a tempestade ainda não havia passado, Paulo exorta a importância de se alimentarem, Paulo apresenta para eles o alimento mais forte, o alimento que iria fortalecer os membros e o organismo de cada um deles, não só os membros e o organismo, mas também a mente, pois por duas semanas sem se alimentarem em meio à tempestade e trevas estes homens estavam abalados emocionalmente com sérios problemas psicológicos, era a hora de Paulo dar a eles o que tinha de melhor Atos 3: 6; João 6: 32- 35 e 51. Vemos aqui que logo que Paulo apresentou o pão eles recobraram o animo e logo começaram a comer. Apresente o pão para aqueles que você conhece que estão passando por tempestades e trevas que devido às lutas estão desanimados, e você verá que logo eles vão recobrar o animo e com certeza vão se alimentar da Palavra de Deus João 1: 1 - 7.

ATOS 27: 37 e 38 – Não era pouco, era muita gente, tinha que aliviar o navio, mas observamos que eles alimentaram a todos e depois que todos se alimentaram, os alimentos que sobraram eles jogaram ao mar para aliviar o peso do navio. Vemos aqui que o ser humano tinha mais importância , ao contrario do que vemos hoje o crente só tem importância quando tem dinheiro, na hora de aliviar o barco o que se descarta é os crentes menos favorecidos, as coisas tem mais importância que as almas.

O grande templo, os grandes eventos, as campanhas financeiras,tudo è mais importante que  as almas, o objetivo é a riqueza o glamour a gloria vinda dos homens Lc. 12: 16 – 20; Tg. 5: 19 e 20; Pv. 11: 30.

ATOS 27: 39 e 40 – Depois da noite passada as trevas acompanhada por fortes ventos e muita chuva também já estava passando. Agora alimentados, cheios de pão (JESUS), o cumprimento das promessas a Paulo Atos 27: 21 – 23 chegou a hora de conhecer novas terras. Para você que já passou pela noite, por fortes tempestades chegou à hora de conhecer novas terras. Mt. 7: 24 e 25; Ap. 21: 5; IICo. 5: 17.

ATOS 27: 40 – Lançaram ancora do navio e o deixaram no mar largaram as amarras e também o leme, içaram velas da proa dirigiram para Praia, isto serve de exemplo para aqueles que não querem largar osso, que já estão como Jonas sendo a causa do barco estar afundando nas trevas e mesmo assim eles não lançam ancora, não solta o leme prefere afundar levando todos com ele a fazer a vontade de Deus Jonas 1: 12; IITm 3:1-5.

ATOS 27: 41 – Aqui no caso o navio foi dar em um banco de areia, encalharam ali o navio. Quantos estão encalhados, estacionados nas tradições, vivendo na velhice da letra, com a mente fechada para as novas revelações, para novas visões, para o novo aumento de luz que o Espirito Santo esta trazendo para a sua Igreja. IICo. 3: 1 – 17; IICo. 4: 1 – 6; Cl. 2: 1 – 23.

ATOS 27: 42 – Depois de tudo o que Deus estava fazendo, depois da profecia estar sendo cumprida, vejam a idéia dos soldados, não é assim em nosso meio, depois da campanha do jejum das orações a noite passa, o mar se acalma tudo volta a ser benção os que estão com o poder nas mãos, que ocupam cargos e lideranças começam a matar os pequeninos os menos favorecidos os que ainda continuam presos. MT. 23: 1 – 34; LC. 11: 37 – 52.

ATOS 27: 43 – O centurião movido pelo Espirito Santo e para o cumprimento das promessas do Senhor Jesus usou de sabedoria dando oportunidade de todos se salvarem. Atos 23: 11; Atos 18: 9 e 10; Lc. 10: 19 e 20.

ATOS 27:44 – Paulo era a maior razão de Deus salvar todos no navio, Paulo era um profeta de Deus. Deus tinha planos para ele, tinha que continuar a obra. Onde tem pessoas com quem Deus tem plano são a razôes de muitos benefícios recebidos por pessoas que Deus não tem planos, recebem por fazer parte da família de profetas, por andar com profetas ou por viver próximos a profetas. Gn. 18: 1 – 33; Mt. 5: 43 – 45; Mc. 9: 41.

Pr. Ev. Sérgio Lopes » Voltar para o mergulhando

Leia os outros capítulos: 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12 13 14 15 16 17 18
19 20 21 22 23 24 25 26 27 28                          
dizimo


BUSQUE NO SITE:




DEIXE SEU RECADO:



PARTICIPE DA NOSSA COMUNIDADE NO ORKUT:

Participe de nossa comunidade no Orkut.

Amazing Counters

Já visitaram


© 2009 PALAVRAS DA VIDA - SUA IGREJA NA INTERNET | Todos os dirseitos reservados |